Home  
Japanese
jpn
English
eng
Espanol
esp
Portuguese
pt
Vietnamese
vi
Korean
kor
Back Index Next

QUEM É MIGRANTE ?



No Japão, o termo indica em primeiro lugar os chamados “Antigos Estrangeiros Residentes”, que foram forçados a migrar ao Japão desde a península coreana e parte da China, quando estas regiões ainda eram colônias japonesas. A este meio milhão de antigos, se acrescentam agora os “Novos Estrangeiros Residentes” que, desde a década de '80, continuam vindo ao Japão como “residentes estrangeiros especiais”, em busca de emprego. Estes “Novos” já somam um milhão e meio de pessoas, inclusive os que têm o visto vencido que se estima serem uns 200.000. Os dados sao do portal “Rede Nacional de Solidariedade com o Trabalhador Migrante”.

Segundo as estatísticas do departamento de serviços administrativos de Entrada ao País (do Ministério de Justiça), publicados no fim de 2004, o número de estrangeiros registrados no Japão alcançou, no final de 2003, o número de 1.973,747 pessoas, ou seja aproximadamente 1,55% da população do japão. Comparando com as estatísticas de 10 anos atrás, isto significa um aumento de 45,8%. Além disso, analisando o quadro da procedência, vimos que eles vêm de 188 países diferentes (dos mais de 200 existentes no mundo, 191 tinham representação junto às Nações Unidas no final de 2004). Praticamente todos os países do mundo têm migrantes no Japão.

Por outro lado, e de acordo com este departamento governamental, a população católica estrangeira que reside no Japão em 2005, pode ser estimada em aproximadamente 529.452 pessoas, ultrapassando pela primeira vez o número de católicos japoneses que se calcula serem uns 449,925. Ou seja, os fiéis estrangeiros já sobem aos 54% da população católica no Japão.

Os objetivos e as situações que levaram a esta permanência de estrangeiros no Japão são um assunto à parte. O fato é que uma multidão de vizinhos vivem conosco, o que torna inevitável o desafio de formar junto com eles uma sociedade multiracial e multicultural. Esta comissão trabalha junto com os responsáveis e agentes de todas as dioceses do Japão e assume a tarefa supradiocesana de estimular a convivência multicultural das pessoas humanas tanto dentro da Igreja quanto na sociedade, desenvolvendo para isso múltiplas atividades junto com outros grupos de cidadãos.



Back Index Next
E-mail:jcarm@cbcj.catholic.jp
Copyright 2005 J-CARM